O Território: Localização e Limites

A freguesia de Rio Tinto faz parte do concelho de Gondomar e ocupa uma área de 9,5 Km2. Localiza-se a Este da cidade do Porto, limitando com a freguesia de Campanhã ao longo da circunvalação entre Pego Negro e o cruzamento da Areosa. Os restantes limites são com Pedrouços e Águas Santas (concelho da Maia) respectivamente a Oeste e a Norte, Baguim do Monte, Fânzeres (concelho de Gondomar) e Campanhã (concelho do Porto) a Sul.

A cidade de Rio Tinto, com uma de 15 Km2, é formada pela freguesia do mesmo nome e pela de Baguim do Monte que, pela Lei nº 127/85, foi desmembrada da primeira. Esta foi a última alteração registada no território correspondente à freguesia de Rio Tinto, mas ao longo dos tempos muitas outras se verificaram.

A freguesia de Rio Tinto dista da cidade do Porto para a parte nascente uma légua, é do seu Bispado e a primeira Paróquia, em que principia a visita da comarca Eclesiástica de Penafiel, porque enquanto a comarca secular é a do Porto e do termo do mesmo Porto. Confia pelo oriente com a freguesia de São Mamede de Valongo, pelo Sul com a do Salvador de Fânzeres e Campanhã, pelo poente com a de Paranhos, pelo Norte com a de Água Santas e São Lourenço, tem uma légua de comprido e no mais largo tem quase outra légua.” In “Memórias Paroquiais”, 1758

Nesta altura, Rio Tinto ainda confrontava com Paranhos porque abrangia uma faixa muito significativa da atual freguesia de Campanhã. O termo de Vila Cova fazia parte, na sua totalidade, da freguesia de Rio Tinto. Por isso, o território compreendido entre a Rua Nau Vitória (antiga Rua das Cruzes) e a Circunvalação, prologando-se para poente até à atual à Rua de Costa Cabral, ainda fazia parte desta freguesia. Além disso, há informações da existência de um marco com a estátua de S. Bento na Rua de S. Roque da Lameira, junto às bombas de gasolina do Ilhéu.

Também se podem ver outros marcos integrados nos muros das casas entretanto construídas, como acontece na Rua Engenheiro Barbosa de Matos que serve de marco entre as Freguesias de Rio Tinto e Baguim do Monte, ou ainda na Rua da Fábrica, separando a nossa freguesia da de Fânzeres.

Depois das obras do Metro ficou um outro marco que também separa estas duas últimas freguesias sobre a última rotunda antes do término da linha do Metro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s